Tudo bem homem chorar? E escola, é lugar de tratar de temas como sexualidade?

No programa desta semana trazemos para o debate o caso de um professor de artes marciais que ensina aos seus alunos que é ‘tudo bem chorar’, sobre o caso de uma professora de português que propõe uma atividade inusitada e sobre um modelo de sala de aula invertida.

O que você acha? É uma mamada ou uma cagada?

Assine, ouça, compartilhe!

FeedSoundCloudiTunes


Comentado neste programa:

  • Martial arts teacher consoles tearful boy, reminds us all ‘it’s OK to cry’ (Professor de artes marciais consola garoto chorando e nos lembra que “tudo bem chorar”)

    • Um professor de artes marciais que ajudou um garoto tristonho de 9 anos a superar a experiência – física e emocionalmente – está inspirando pessoas muito além de seus estudantes em Detroit. Em um vídeo que tornou-se viral, o jovem Bruce Collins III esforça-se nos momentos finais de seu teste de iniciação. Ele conseguiu quebrar a prancha de madeira com sua mão direita, mas falhou em diversas tentativas de repetir o feito com a mão esquerda.
  • Escola aplica texto com palavra obscena e pais questionam atividade
    • Pais de alunos do 4º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Professor Francisco Letro, em Coronel Fabriciano (MG), reclamam de uma tarefa aplicada em sala de aula na quinta-feira (25). Segundo eles, o texto tinha um conteúdo obsceno e de duplo sentido. A atividade reproduzia a frase “Quando quebrei o ovo tive um baita susto: magina ocê que tinha um pinto dentro!!!!? Agora cê já pensô seu cuzinho [sic] cum pinto dentro??” Os alunos tinham que reescrever o trecho em linguagem culta.
prova_2_editada
Versão utilizada na escola
aula-04-variacao-linguistica-10-638
Versão ‘original’

 

  • Como funciona a sala de aula invertida?
    • Metodologia de ensino propõe menos aulas expositivas e melhor utilização do tempo e conhecimento do professor. Imagine um sistema educacional no qual os alunos estudam os conteúdos curriculares em suas casas só para depois irem à escola encontrar professores e colegas, tirar suas dúvidas e fazer exercícios. Em outras palavras, onde a lição de casa é feita em sala e a aula é dada em casa.

 


Para Casa:

Rodrigo e Marcelo vão ficar de detenção essa semana, pois não fizeram o para casa…


Fale conosco:


Concorda com a gente? Discorda?

Comenta aí!

Anúncios